fbpx
Conheça nossa tag semente de rúcula

Você que já adquiriu nossos produtos, recebeu uma linda tag semente de rúcula; e você que ainda não teve tempo de comprar, corra e garanta a sua, em breve todos nós teremos lindas e deliciosas rúculas para saborear.

Mas antes de maravilhosas receitas – que irei postar aqui também – vou ajudar vocês a plantar esse papelzinho tão especial.

Tudo muito fácil. Mas ainda assim, precisamos de alguns cuidados para que ela fique sempre linda e cheia de vida.

A rúcula é rica em fibras, isso auxilia e facilita nossa digestão e o funcionamento do intestino, além de ser uma ótima opção para desintoxicar nosso organismo. É uma das verduras mais nutritivas, tem baixa quantidade de calorias, rica em proteínas, vitaminas, sais minerais e, acima de tudo, é uma delicia! Então, vamos plantar essa preciosidade logo para que todos nós tenhamos nossas rúculas fresquinhas, saudáveis e saborosas?

Para plantar é muito fácil, basta ter um vaso (pode ser do tamanho que quiser) com terra, um recipiente com água e a sua tag. Com o vaso cheio de terra, é só rasgar a tag  (com a mão mesmo!) em pedaços menores, colocar sobre a terra e finalizar com mais uma fina camada de terra por cima. Se você tem uma horta, nem precisa de vaso, pode plantar direto no solo seguindo os mesmos passos. Simples… Depois disso, é só deixar a terra sempre úmida – não encharcada.

A rúcula tem rápido crescimento e seu cultivo é muito fácil. Em poucos dias o papel já estará germinando.

Mudinha de rúcula sendo cuidada.

A rúcula cresce melhor em clima ameno, com temperaturas em torno de 16 a 22° C. Quando cultivadas em temperaturas mais altas, suas folhas tendem a ser mais firmes e mais amargas (pouca coisa). Suporta muito bem temperaturas mais frias. Porém, em temperaturas próximas de 0° C as plantinhas mais jovens podem precisar de proteção. No outono e inverno pode ser cultivada com sol direto o dia todo, enquanto no verão pode ser melhor garantir uma sombra parcial durante as horas mais quentes do dia.

A flor da rúcula é amarela e dessas flores nascem pequeninas vagens, que abrigam as sementinhas. Por isso, você sempre terá rúculas em sua horta.
Espere as vagens secarem e se abrirem naturalmente, ou as guarde para plantar em outro momento – caso esta seja sua vontade, basta coloca-las em um saquinho, protegidas da humidade e conservar em um local escuro.

Tudo pronto para cultivar sua rúcula!  Em breve traremos deliciosas receitas para aproveitar ao máximo seu sabor e propriedades. Mas enquanto elas ainda estão germinando, compartilhe com a gente sua experiência em cultivar sua tag. =)

Um grande abraço e até mais!

Deixe uma resposta

Fechar Menu